domingo, 7 de agosto de 2016

Deixe a vaca ir pro brejo

Deixe a peteca cair. Você nasceu´para viver, não para ser campeão de alguma porcaria. 

Deixe a água correr. Ñão adianta se esquentar. Se ainda não passou, aguarde, porque vai passar. Tudo passa e nada vai ficar como está.

Deixe o amor falar. Ainda que algumas vezes ele diga bobagens, seu discurso é sempre infinitamente melhor do que esse montes de asneiras que você anda lendo nas redes sociais.

Deixe a vaca ir pro brejo, sem pudor nem piedade. Especialmente se for uma daquelas "vacas sagradas" que não se importam nem um pouquinho (e até se deliciam...) de ver você "pastando"...  E tomara que ela fique por lá, atolada de barro até o pescoço.

(Letícia Lanz)

Nenhum comentário:

Postar um comentário