segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Super-heroína transgênera, estrela Série de quadrinhos americana a ser lançada pela AfterShock.



Chalice, que nasceu Charlie Young e é um estudante universitário, que já nos primeiros números da HQ inicia sua transição do gênero masculino para o feminino, sem o conhecimento da sua família. Nesta quinta-feira (28), a agência de notícias Reuters divulgou duas versões da capa do primeiro número da HQ. O site da AfterShock Comics informa que a trama vai retratar um grupo de "possíveis mutantes" (ou talvez eles seja algum tipo de fim da linha para o nossa trilha genética)". São os Alters do título da série. Na história, passam a manifestar poderes que surgem de modo repentino (o de Chalice é controlar a força da gravidade e voar). Apesar disso, os personagens têm de lidar com "medo, desconfiança e preconceito".
A nota da editora diz ainda que o grupo terá heróis compostos por variadas identidades de gênero, etnias e orientação sexual. O texto cita que esta é "a primeira série de super-heróis que tem uma protagonista transgênera criada por um roteirista mainstream". O roteirista, no caso, é o britânico Paul Jenkins, de 50 anos, o mesmo de "Origem", sobre Wolverine e diz que se inspirou na mãe.
Fonte: http://g1.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário