terça-feira, 8 de novembro de 2016

10 dicas para atravessar tempos difíceis

Sísifo foi condenado pelos deuses a rolar uma pedra morro acima
todos os dias da sua vida.
O mundo ta difícil? Ta. Mas quando não foi? Quando é que a vida sonhada veio de graça para alguém? Contudo, mesmo difícil, muita gente consegue chegar aos seus destinos sonhados, apesar dos solavancos da estrada esburacada. Como conseguem? Simples: com energia, determinação e criatividade. Agindo, com o que têm, em vez de se queixarem do que lhes falta...

A desgraça é que a maioria das pessoas se recusa a ser criativa, a ousar, a tentar soluções novas, abandonando as muletas dos “modelos prontos” e caminhando por suas próprias pernas.

Ainda que essa caminhada as leve para um inferno ainda maior, estarão, pelo menos, trilhando caminhos novos, que nunca foram tentados antes. Velhos problemas exigem soluções novas. E soluções novas só aparecem a partir de novos debates.

O que mais me desanima é ver soluções tão velhas e desgastadas surgirem de debates pretensamente atuais, mas que não passam de velhas conversas-fiadas requentadas do passado. Mas talvez seja isso mesmo. Talvez eu é que seja uma velha boba e ultrapassada que acha que as coisas podem e devem mudar e evoluir. Afinal de contas, é mais fácil continuar lidando com problemas conhecidos do que tentar soluções duvidosas.

Especialmente para você, que está lutando para trilhar o seu próprio caminho, com suas próprias pernas e do seu próprio jeito, ficam aí dez dicas importantíssimas que me ajudaram a chegar até aqui, tendo que atravessar muitos rios cheinhos de piranha.

1 - PARE DE ACHAR QUE VOCÊ É OS OUTROS: NÃO É. E não tem nem chance de ficar igual a eles porque você é uma pessoa única. Se tiver que se comparar com alguém que seja com você mesma: como você era, como está agora e como deseja estar no futuro.
2 - DESCUBRA QUAL É A SUA E FIQUE NELA. O que é que você ganha lutando tanto para ficar bem na foto dos outros? Enquanto você não souber realmente “qual é a sua”, vai continuar tendo decepção e levando porrada sem nenhuma necessidade. Galinha que segue pato, morre afogada.
3 - ENTRE NO SEU RITMO E NÃO SAIA DELE, MESMO QUE O MUNDO DESABE SOBRE A SUA CABEÇA. Todas as vezes que você sai do seu ritmo, você dança.
4 – OUÇA O SEU CORAÇÃO E SIGA A SUA PRÓPRIA CABEÇA, AO MESMO TEMPO. Nunca siga apenas os impulsos das suas emoções nem a frieza da sua mente. É preciso saber sentir e pensar ao mesmo tempo.
5 - JAMAIS ENTRE NUMA DE ENTRAR NUMA DE SE SENTIR PRA BAIXO. Quando a gente está mal, depressão é luxo. Tem que encarar a tempestade, nem que seja para se molhar até os ossos. Não se preocupe: um dia seca.
6 - DESISTA, SIM, DE COISAS, PESSOAS E SITUAÇÕES QUE JÁ PROVARAM DE SOBRA QUE NÃO DÃO CERTO. Perseverar é uma virtude, mas perseverar no erro é burrice.
7 - FOCALIZE O SEU DESEJO, EM PRIMEIRÍSSIMO LUGAR. Claro que vão chamar você de insensível e egoísta mas sem buscar o seu desejo, sem resolver as suas próprias questões, você não vai conseguir fazer nada que presta pelos outros, além de esculhambar a vida deles por achar que eles é que estão esculhanbando a sua.
8 - APRENDA A ESCOLHER SUAS COMPANHIAS E SEJA, VOCÊ MESMA, A SUA MELHOR COMPANHIA, SEMPRE. Se não aparecer ninguém com quem valha a pena dividir e somar, lembre-se que solidão numa boa é sossego. A menos que você esteja viciada em ter suas carências existenciais exploradas por vampiros, encostos e outros “espíritos atormentados”.
9 - PERDOE-SE POR SUAS BURRICES E FRACASSOS, inclusive pela burrice de perdoar quem cagou na sua sopa. Pare de se achar Deus para sair por aí perdoando todo mundo. A única pessoa que você pode – e deve – perdoar sempre é você mesma.
10 - ECONOMIZE TRISTEZA E ESBANJE ALEGRIA. Belisque-se: se sentiu alguma coisa é porque você ainda está viva e, portanto, ainda tem muita festa esperando por você. Não fique doente de propósito só porque esse mundo está uma merda: ele sempre foi e, pelo jeito, vai continuar sendo. Mas você tem o supremo poder de se negar a ser um cocozinho. Levanta e anda, que não dá pra ficar só olhando a banda passar sem fazer nada.

Um comentário:

  1. Sempre com uma lucidez maravilhosa, e um frescor adorável no texto! Amei.

    ResponderExcluir